A Nuseed e bp firmam acordo estratégico para acelerar a adoção da Carinata Nuseed no mercado como matéria-prima de biocombustível sustentável de baixo carbono

  • A Nuseed e bp firmam um acordo estratégico de 10 anos permitindo que a Nuseed acelere a expansão de seu programa de produção sustentável de Carinata Nuseed.
  • A bp irá comprar o óleo de Carinata Nuseed e planeja processá-lo ou vendê-lo em mercados que estão em crescimento para fornecer biocombustíveis sustentáveis.

A Nuseed anunciou hoje que celebrou um acordo estratégico de longo prazo para aquisição e desenvolvimento de mercado com a BP Products North America Inc. (bp), uma afiliada da BP p.l.c, que é bp, ou suas afiliadas, que irá comprar óleo de Carinata Nuseed com o planejamento de processar ou vender nos mercados em crescimento de produção de biocombustíveis sustentáveis.

A Nuseed anunciou hoje que celebrou um acordo estratégico de longo prazo para aquisição e desenvolvimento de mercado com a BP Products North America Inc. (bp), uma afiliada da BP p.l.c, que é bp, ou suas afiliadas, que irá comprar óleo de Carinata Nuseed com o planejamento de processar ou vender nos mercados em crescimento de produção de biocombustíveis sustentáveis.

A Carinata Nuseed é uma cultura de cobertura não alimentar que pode ser usada para produzir matéria-prima de biocombustível de baixo carbono, ela é certificada de forma independente, sustentável e escalável.

O aumento da demanda global por biocombustíveis está sendo impulsionada pela necessidade de encontrar fontes sustentáveis de energia, a fim de a alcançar as metas globais de redução de gases de efeito estufa (GEE).

“Os biocombustíveis sustentáveis têm um papel vital na descarbonização das formas de transporte, disse Carol Howle, vice-presidente executiva de comércio e transporte da bp. Ao trabalhar com a Nuseed, podemos usar sua matéria-prima sustentável para ajudar a descarbonizar setores de transporte desafiadores, como o da aviação, apoiando a produção de combustível de aviação sustentável (SAF) e outros biocombustíveis”.

O executivo do Grupo Nuseed, Brent Zacharias, disse: “A Carinata Nuseed é uma solução comprovada e pronta para os processadores de biocombustíveis, que está pronta para ser escalada globalmente em locais agrícolas entre as principais culturas de alimento. A Carinata Nuseed demonstra como as empresas agrícolas e de energia podem trabalhar juntas para atender à demanda de biocombustíveis que reduzem as emissões de carbono. Este acordo nos permite acelerar a expansão da produção de Carinata para aumentar a matéria-prima de biocombustível de forma sustentável, ao mesmo tempo em que suporta maiores retornos econômicos sobre o investimento da Nuseed na plataforma da Carinata.”

O acordo tem um prazo inicial de 10 anos e fará com que a Nuseed continue a desenvolver e expandir sua rede existente de produtores, parceiros de canal e cadeia de suprimentos para fornecer o óleo de Carinata à bp ou suas afiliadas, com etapas-chave da produção auditadas e certificadas de forma independente. O óleo de Carinata será processado pela bp ou afiliadas por meio de sua área de biorrefinação e também vendido nos mercados que estão em crescimento de produção de biocombustíveis sustentáveis, utilizando o alcance global da equipe de Negociação e Transporte da bp para acelerar a adoção da Carinata Nuseed pelo mercado como uma matéria-prima de biocombustível sustentável.

A Nuseed está atualmente aumentando a produção comercial na Argentina e planejando programas de expansão na América do Sul e nos Estados Unidos. Os programas iniciais de pesquisa e desenvolvimento de mercado também estão em andamento na Europa e na Austrália. Inicialmente a bp espera atingir os mercados de biocombustíveis de baixo carbono na Europa e na América do Norte.

Brent Zacharias observou: “Com a bp como uma compradora comprometida de matéria-prima e comerciante de combustíveis, o acordo entre a bp e a Nuseed ajudará na rápida expansão de produção”.

A bp já é uma participante ativa na cadeia de fornecimento de biocombustíveis. A bp produz diesel renovável a partir de matérias-primas à base de biomassa, inclusive nos Estados Unidos, onde anunciou recentemente um projeto para expandir a capacidade de produção de diesel renovável para uma estimativa de 2,6 milhões de barris por ano em 2022. Globalmente, o grupo bp pretende mais que dobrar seu portfolio de bioenergia até 2025 – e quadruplicar até 2030 – em relação a 2019.

Outras informações:

Assessoria de imprensa da bp em Londres, [email protected], +44 7919 217511

Contato de mídia Nuseed: [email protected]eed.com

Sobre a bp

O propósito da bp é reimaginar a energia para as pessoas e para o nosso planeta. Ela estabeleceu a ambição de ser uma empresa net zero até 2050, ou antes, e ajudar o mundo a chegar a zero emissões. Para mais informações, visite bp.com.‎

Sobre a Carinata Nuseed

A Carinata Nuseed é uma matéria-prima de cobertura não alimentar escalável de forma sustentável para biocombustível de baixo carbono que protege e melhora o solo entre a colheita da cultura principal e o plantio da próxima safra. Ela reduz as emissões quando seu óleo é usado para substituir os combustíveis fósseis, além de remover o carbono atmosférico e restaurar o carbono do solo enquanto cresce. A Carinata Nuseed não substitui as culturas alimentares primárias nem requer terras agrícolas adicionais, mas recompensa as práticas agrícolas sustentáveis. É certificada pela Mesa Redonda de Biomateriais Sustentáveis sob seus Princípios e Critérios, que são reconhecidos como as melhores da categoria ao abordar questões-chave de sustentabilidade de maneira abrangente.[1]  A Carinata é listada pela Organização de Aviação Civil Internacional (ICAO) como uma matéria-prima de combustível de aviação sustentável (SAF), como um gás de efeito estufa (GEE) semelhante ao óleo utilizado na cozinha.[2]

Sobre a Nuseed

A Nuseed está desbloqueando todo o potencial da canola, carinata, sorgo e girassol para oferecer VALUE BEYOND YIELD® (Valor Além da Produtividade). A Nuseed oferece soluções novas e sustentáveis baseadas em plantas para produtores, indústria e clientes finais, agregando valor a cada etapa e para cada participante da Cadeia de Valor Nuseed.

Mais de 250 funcionários da Nuseed trabalham em locais globais, incluindo três Centros de Inovação Nuseed de classe mundial. Fundada na Austrália em 2006, a Nuseed cresceu para oferecer o germoplasma líder do setor, recursos moleculares avançados, Pesquisa e Desenvolvimento regional e testes comerciais com equipes dedicadas na Austrália, Europa, América do Norte e América do Sul, além de vendas em mais de 30 países.

A Nuseed é uma subsidiária integral da Nufarm Limited (ASX:NUF).

Leia mais em nuseed.com

Declaração de advertência:

A fim de utilizar as disposições de “porto Seguro” do Ato de Reforma de Litígios de Títulos Privados dos Estados Unidos de 1995 (o ‘PSLRA’), a bp está fornecendo a seguinte declaração de advertência. Este comunicado de imprensa contém certas declarações prospectivas – ou seja, declarações relacionadas a eventos e circunstâncias futuros, não passados ​​- que podem estar relacionadas a uma ou mais condições financeiras, resultados de operações e negócios da bp e alguns dos planos e objetivos de pb em relação a esses itens. Essas declarações são geralmente, mas nem sempre, identificadas pelo uso de palavras como “irá”, “espera”, “espera-se”, “objetiva”, “deveria”, “pode”, “objetivo”, “é provável que para”, “pretende”, “acredita”, “antecipa”, “planeja”, “vemos” ou expressões semelhantes. Os resultados reais podem diferir daqueles expressos em tais declarações, dependendo de uma variedade de fatores, incluindo os fatores de risco estabelecidos em nosso Relatório Anual e Formulário 20-F mais recente em “Fatores de risco” e em qualquer um de nossos relatórios públicos mais recentes

Nosso Relatório Anual e Formulário 20-F mais recente e outros registros de período estão disponíveis em nosso site em www.bp.com, ou podem ser obtidos na SEC ligando para 1-800-SEC-0330 ou no seu site em www.sec .gov.

Fontes:

[1] https://rsb.org/wp-content/uploads/2020/10/RSB_CRT_EU_Nuseed_022520_final-1.pdf

[2] https://www.icao.int/environmental-protection/CORSIA/Documents/ICAO%20document%2006%20-%20Default%20Life%20Cycle%20Emissions%20-%20March%202021.pdf

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]